Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Fim de Semana de Aventuras em Eskisehir

27 de Setembro de 2002: Sexta

Hoje é um daqueles dias estranhos pois era pra ser meu último dia na Endel, depois da renovação do meu estágio, só que não.

Como virei a noite, literalmente trabalhando, tava muito cansado. Mesmo não sendo meu último dia, tá acabando e tenho que entregar esse projeto então trabalhei pesado nele pra adiantar ao máximo. Dei um CD com músicas brasileiras pro Ahmet que virou minha companhia durante as madrugadas.

Quando voltei pra casa, já tirando uma soneca no ônibus, apaguei e só acordei perto das 9 pois ia encontrar a Dani. Ficamos tomando çay (chá) até umas 22hs nos atualiando do que estava rolando, perspectivas futuras, etc. Depois do çay fomos pra casa da Marissol e ficamos até mais de meia noite só jogando e zoando.

Finanças: 7.000 - 0  = 7.000 + 37.000 (saldo ant.) = $ 44.000 (Saldo final)


28 de Setembro de 2002: Sábado

Como seria um fim de semana em Eskisehir, o combinado era sair eu, Marissol e Sarka pra fazer alguma coisa pela cidade. Nos encontramos na AIESEC e de lá fomos almoçar e dar uma volta no Shopping, onde me convenceram a comprar um casacão de frio por $13,500.

Fomos também ao mercado, Migros com o Cemil. Ir ao mercado é ótimo pois não precisamos negociar o preço de nada, é o que está lá escrito e pronto, o problema é que cada vez que venho os preços estão mais caros.

Já no final da tarde voltei pra casa pra deixar as coisas e fui pra um Internet Café conversar com a Kati até umas 20hs.

De lá já voltei pra AIESEC pra fazer alguma coisa e combinamos de ir pra casa do Mahmut, já que a casa dele virou o point dos trainees, e ficamos vendo filme até tarde.

Como eu não aprendo, e dessa vez estava sóbrio, resolvi voltar pra casa de madrugada e, claro, fiquei preso do lado de fora pois o Tolga não atendia o interfone e o portão trancado. Até consegui ajuda de um vizinho que me viu tentando o interfone mas o telefone dele estava desligado. Solução? Voltar à casa do Mahmut.

Como nunca fui pra casa dele sozinho, não tinha ideia do interfone dele para poder tocar e entrar no prédio e já eram mais de 1 da manhã, não ia ficar tentando até descobrir. Ainda bem que tinha um carro da policia e com meu pouco turco expliquei pra eles a situação e me ajudaram a entrar no prédio e consegui chegar ao apartamento.

Acabei dormindo por lá, como sempre, jogado no chão da sala.

Foto da agenda com minhas anotações do dia

Finanças: 7.000 - 18.000  = -11.000 + 44.000 (saldo ant.) = $ 33.000 (Saldo final)


29 de Setembro de 2002: Domingo

A única vantagem de acordar na casa dos outros é que geralmente tem café da manhã e não é você que tem que levantar pra preparar. Dessa vez foi a Sarka que preparou. Comemos e saímos pro Centro e de lá pra Marissol. A coisa desagradável é estar com a mesma roupa no dia seguinte, mas como eles não tomam banho todo dia por aqui, acho que nem reparam nisso.

Da Marissol almoçamos na rua da casa dela num lugar muito fuleiro, comida bem básica, pelo menos barata e no caminho pra onde íamos caminhar.

Fomos tentar devolver o DVD do filme de ontem e dar uma caminhada no parque perto da Marissol. Lembro que tirei muitas fotos mas como sempre, perdia quando a bateria da camera digital acabava e como já estava para voltar não estava mais gastando tanto com filme e revelação das fotos da camera de filme.

Mais pro final do dia quando nos dividimos, passei num Internet Café e fui pra casa mais cedo pra garantir que ia conseguir entrar, tomar um banho, arrumar as coisas pra semana de trabalho.


Finanças: 7.000 - 5.900  = -1.100 + 33.000 (saldo ant.) = $ 34.100 (Saldo final)

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Mais uma apresentação Brasileira - Valeu pela bagunça apenas

23 de Setembro de 2002: Segunda

Depois de um fim de semana agitado mas também relaxante em Istambul, chegar de madrugada de volta a Eskisehir quebra o ritmo do dia, especialmente hoje que tinha uma apresentação brasileira pra eu fazer na casa do Mahmut.


4 da matina cheguei em casa, pra sair cedo pro trabalho, ou seja, acabei dormindo e perdi o ônibus como sempre. No trabalho nada de especial mas consegui gravar o CD pra Claudia pois daqui a pouco ela vai embora... e eu ficando...

De noite fomos a casa do Sami (Mahmut) pois tinha uma apresentação brasileira pro pessoal novo que estava chegando. Nurhan e Onur estavam lá o que foi legal. Ajudei a cozinhar (não me pergunte o que) e fiz minha apresentação. Além de estar escrito na agenda lembro como se fosse ontem que ninguém prestou atenção, tava todo mundo mais interessado em tomar aquela vodka tcheca e fumar o narguile.

Acabando a apresentação, a maioria foi embora e ficamos eu, Sarka e Mahmut na varanda deles terminando de matar a garrafa de vodka, altas horas da noite. Lembro que eu não parava de brincar que da varanda dele dava pra ver minha casa (mentira), no final daquela longa avenida, depois da última luz q dava pra ver, fazendo a curva e andando mais 1 Km, logo ali...

Óbvio que eles não me deixaram ir embora e acabei dormindo por lá o que foi legal da parte deles mas me enrolou todo no dia seguinte pq não sabia nem como chegava na empresa saindo dali.

Finanças: 7.000 - 500 (ônibus) = 6.500 + 15.700 (saldo ant.) = $ 22.200 (Saldo final)


24 de Setembro de 2002: Terça

Acordei mega atrasado, ressaca matando e sem saber como ia chegar no trabalho, saí da casa do Mahmut e voltei pra minha pra ver se descobria por onde passava o ônibus. Como o Google Maps, que ainda não tinha sido inventado, faz falta nessas horas. Nem celular eu tinha, então deixa. Cheguei na empresa meio dia, a tempo pro almoço.

Como cheguei tarde, fiquei sem graça de sair no horário e fiquei pra sair mais tarde também. Aliás ia aproveitar e pegar a janta.

O problema de sair tarde é chegar de volta a cidade já quase meia noite e, claro, a porta de casa tava trancada sem ninguém lá. Depois fui descobrir que o Tolga tava na casa do Salih.

Como já estava acostumado a pedir pra dormir na casa dos outros mesmo, tipo nômade, acabei caindo na casa da Marissol.

Finanças: 7.000 - 500 (ônibus) = 6.500 + 22.200 (saldo ant.) = $ 28.700 (Saldo final)


25 de Setembro de 2002: Quarta

Mais um dia acordando e perdendo a hora, claro. Voltei pra casa, tomei um banho rápido e fui de ônibus pro trabalho.

Voltando, passei na AIESEC, e foi divertido pq ficamos treinando uns palavrões em turco, alguns bem pesados que pra mim chegavam a ser engraçados e não ter sentido algum mas pra eles era algo tenebroso...

Vi na minha agenda que comprei uma bandeira da Turquia, não lembro se essa foi a tal que o cara quase me deu de graça depois de negociar pra caramba ou se eu comprei mesmo. A verdade é que em casa eu só tenho 1 bandeira a do dia da negociação que foi super engraçado. Aqui na Turquia e nos países árabes em geral, quando vc pergunta o preço das coisas é pq está interessado em comprar então abre-se as negociações pois o outro lado tem interesse em vender então vão negociar até conseguir te vender. A tal bandeira eu caí na bobeira de perguntar quanto era apenas por curiosidade e aí começou a negociação até finalmente eu levar.

Finanças: 7.000 - 6.700 (ônibus, janta e bandeira) = 300 + 28.700 (saldo ant.) = $ 30.000 (Saldo final)


26 de Setembro de 2002: Quinta

Finalmente consegui dormir em casa e pegar o serviço da empresa, o pessoal já estava com saudades de mim no ônibus, achando que eu já tinha ido embora.

Esse foi um dia que rendeu bem, consegui focar no projeto, fiquei até tarde acelerando a página da ConnAction e acabei virando a noite por lá mesmo.

A notícia ruim do dia é que deu problema no meu pagamento e não saiu hoje, espero que saia amanhã.

Finanças: 7.000 - 0  = 7.000 + 30.000 (saldo ant.) = $ 37.000 (Saldo final)

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Passeando em Istanbul com trainees de Izmir 2 de 2

22 de Setembro de 2002: Domingo

Continuação da primeira parte do passeio em: Passeando em Istanbul com trainees de Izmir

Acordar cedo? Nem pensar... a preguiça pegou pesado mas tivemos que levantar pra curtir o dia de qualquer forma. Tínhamos marcado com o pessoal às 11hs perto do Topikapi Palace.

Tomamos café e fomos pra lá encontrar Ercan e os outros. Eles queriam ia à Mesquita Azul pra ver a reza e tal... foi legal que conseguimos acompanhar a reza deles de 11hs e de lá fomos pro Topikapi onde o Ercan disse que conseguia colocar todos pra dentro sem pagar nada e deu certo.

Conseguimos uma entrada para as 14hs e fomos visitar o palácio. Vejam as fotos abaixo:

Topikapi









Definitivamente os marajás tinham uma vida bem privilegiada, moravam em palácios em localizações fantásticas como esse, na entrada do Bósforo, com jardins tranquilos, bonitos e arborizados.

Essa cidade como um todo é um lugar tão fantástico que mesmo tendo visitado algumas vezes ainda existem lugares que eu não tinha visto, ângulos não explorados, construções históricas a visitar.

Saindo de lá fomos a Ortakoy as 17hs mas estava lotado, afinal domingo, final de tarde, não era pra menos. Arrumamos um lugar pra sentar, lanchamos um Kumpir e ficamos de bobeira até a hora dela voltar pra casa.

Tinha marcado com a Azade também mas ela não apareceu, uma pena. De lá fui pra estação de trem pq o meu saía às 22hs.




Finanças: 7.000 - 21.600 = -14.600 + 30.300 (saldo ant.) = $ 15.700 (Saldo final)

domingo, 21 de maio de 2017

Passeando em Istanbul com trainees de Izmir 1 de 2

21 de Setembro de 2002: Sábado

Todo o blog até esse post foi baseado em emails (recheados com fotos da epoca, mapas e imagens scaneadas) enviados em 2002 para amigos e familiares que tinha feito backup em um dado momento, antes de sair de lá, porém a partir desse dia não tenho mais nenhum email guardado, e todos os textos serão escritos a partir da minha memória (espero que ainda funcione depois de 15 anos do acontecido) e das minhas anotações na minha velha agenda de 2002, onde eu tentava escrever tudo que tinha planejado e o que rolou como se fosse um mini diário.

Foto da agenda e meus rabicos
Então vamos ao que interessa e ao que aconteceu na viagem.

MInha passagem estava agendada pra eu chegar às 7:30 de trem em HaydarPasa onde encontraria Onur e os Marks eo plano era estarmos às 9hs em Taksim, praça centrar de Istanbul. Porém meu trem atrasou 45 minutos pra chegar e por muita sorte o Onur confiou que eu ia e segurou o pessoal na estação pra me esperar.

De lá fomos para a AIESEC, nos juntar com outros treinees, e fomos passear pela cidade. Pra mim era uma repetição de lugares que eu já tinha visitado, mas com pessoas diferentes, especialmente que não conhecem, é sempre legal de visitar. Sempre tem algo diferente pra ver e dessa vez tirei algumas fotos na camera digital (e eu não perdi por falta de pilha, vejam abaixo).

Fomos a Sulthanarmet, onde fica a Mesquita Azul e a Haya Sofia, e conseguimos entrar com a AIESEC na Haya Sofia de graça. Pela primeira vez visitei os 2 andares.





A Mesquita Azul apenas tiramos fotos e visitamos rapiramente pq o pessoal queria ir ao Bazar fazer compras. Eu claro fui novamente lá usar meus conhecimentos de turco e fiz algumas negociações. Sempre que eu, cara de europeu, dizia ser brasileiro e soltava um turco com sotaque, os caras ficavam loucos. Mas negociar já estava ficando cansativo. Tudo nessa terra os caras querem negociar!



De lá voltamos pra AIESEC pois alguns treinees eles tinham conseguido lugar pra ficar na universidade, do outro lado da cidade. Eu preferi sair pra buscar algum albergue, hotel barato, qualquer coisa ali pelo centro mesmo pra curtir a noite do centro e a hungara que estava lá tb junto com o o pessoal da cidade de Izmir.

Não lembro quanto tempo levamos buscando pelo hotel mas lembro que fomos a vários, no meio do caminho jantamos e continuamos a busca até que achamos um em Beyolu, pero de Taksim onde o pessoal já tinha marcado de se encontrar umas 22:30. Deixamos as coisas e fomos pra lá curtir a noitada num bar alemão, sugestão do Markus e acabei conhecendo uma nova trainee a Julia.

De lá voltamos ao hotel pra dormir pois o dia seguinte seria de mais andanças pela cidade, mesmo que o horário marcado para encontrar era só às 11hs.

Finanças: 7.000 - 30.000 = -23.000 + 53.300 (saldo ant.) = $ 30.300 (Saldo final)